OPINIÃO: Expele energias tóxicas | AzoresTV by VITEC - canal regional com produções dos Açores, vídeos HD e diretos dos melhores eventos da região.

Como lidas com energias tóxicas? Assinas a sentença de morte, deixando-as permanecer na tua rotina?(Aqui vem a sabida - e chata - conversa de que essas pessoas servem para aprenderes. Sim, claro. Dia sim, dia sim senho...

opiniao, joana, moniz, costa, blogue, açores

OPINIÃO: Expele energias tóxicas

Publicado por: VITEC
2018/03/20 16:08:45

Como lidas com energias tóxicas?

Assinas a sentença de morte, deixando-as permanecer na tua rotina?
(Aqui vem a sabida - e chata - conversa de que essas pessoas "servem para aprenderes". Sim, claro. Dia sim, dia sim senhor.)
Vou partilhar o quão fluente está o ar, após ter excluído ninharias encardidas e pegajosas que, ao que tudo indicava, estavam atoladas de maus princípios e de "bad vibes". 


"First of all". Aproximei-me de pessoas pouco benevolentes à miséria espiritual e ergui-me a quem deseja - e quase exige - o meu bem. Tornou térrea e possível, a minha pré-disposição, para enfrentar a maldade dos outros (a que me era prejudicial).


"Dangerous". Detetei comportamentos tóxicos, através da ruindade, do egocentrismo, do egoísmo, da hipérbole de si mesmo, da intimidação, da manipulação, da vitimização, etc., como forma de camuflar as suas fraquezas e inseguranças. Para suprimi-las, utilizavam-me para atingirem as suas vontades estritamente pessoais. 
Pobres de espírito, tenho dito!

 

"Get out". As mudanças solenes de humor, dos outros, são desafiadoras, porém perigosas. De mansinho, fizeram-me sobreviver uma imagem intimidante, barrada de fragilidade, que não correspondia à realidade. Eh, ca diabe. Passa fora. Não kayas nessa. 


"Open eyes". As palas de burra, castrada e amedrontada, viraram no sentido inverso ao do chão. Sofri com essa negritude e com o facto de essa toxicidade não me deixar avançar, apesar das oportunidades à espreita. 


P.S. Pretendes, tal como eu, alcançar a paz espiritual? 
Afasta-te de ares destrutivos, que te consomem a energia, em peso e medida. Adiante, segue e para o baile.


"The end". O que te magoa agora, se percutido a longo prazo, poderá eliminar o teu lado funcional. "Drama queen, not again".


Enquanto fores a moleta de outrém, não respirarás com leveza, prosseguindo sem arrastamentos.
Para quê fingimentos-constrangimentos, mantendo tais energias tóxicas na tua vida? 


Sintam-se felizes,
Joana d'Arte

 

Texto/ Joana Moniz Costa

Imagens de notícias

Categorias:
Tags:

Partilhar

Powered by WebTV Solutions