Igreja dos Biscoitos comemora jubileu de ouro dia 20 de setembro | AzoresTV by VITEC - canal regional com produções dos Açores, vídeos HD e diretos dos melhores eventos da região.

É uma das duas igrejas açorianas que este ano assinalam 50 anos

biscoitos, igreja, paroquial, jubileu, ouro

Igreja dos Biscoitos comemora jubileu de ouro dia 20 de setembro

Publicado por: Vitec
2015/09/16 20:48:21

A Igreja do Imaculado Coração de Maria, nos Biscoitos, cuja inauguração foi feita a 27 de maio de 1965, comemora no próximo domingo, dia 20 de Setembro, a festa do Jubileu de Ouro.

Às 16h30, celebra-se a Missa Solene de festa e, uma hora depois, sairá a procissão acompanhada pela Filarmónica Progresso Biscoitense, que estreará o hino em louvor ao Imaculado Coração de Maria, informa uma nota a que o Sítio Igreja Açores teve acesso.

As comemorações terminam com um concerto para Banda e Coro pela Sociedade Musical Recreio da Terra Chã e Coro Tibério Franco, na Igreja Paroquial.

 

A Igreja dos Biscoitos, juntamente com a de Santa Bárbara das Ribeiras, na ilha do Pico, celebram este ano os 50 anos da sua inauguração.

Estas igrejas são, a par das de Nossa Senhora da Alegria nas Furnas (1962) e de São José da Ribeira Chã (1967), ambas em São Miguel, dos poucos exemplares arquitectónicos construídos em plena reforma conciliar, acompanhando assim as comemorações do 50º aniversário do Concílio Vaticano II.

A Igreja dos Biscoitos, o segundo templo erguido nesta freguesia da ilha Terceira, foi uma iniciativa do Bispo de Angra, D. Manuel Afonso Carvalho que a inauguraria a 27 de maio de 1965.

Este ano, neste dia “apenas foi celebrada uma missa de ação de graças pois a população estava muito envolvida em vários festejos nomeadamente do Divino Espírito Santo e por isso o pároco decidiu adiar as comemorações do cinquentenário para o mês de Setembro altura em que será invocado o padroeiro”, disse ao Sítio Igreja Açores o pároco, Pe Carlos Cabral.

Curiosamente ambas as igrejas foram “encomendadas” porque os locais de culto existentes apresentavam-se demasiado pequenos para o número de habitantes de então.

No caso dos Biscoitos, a Igreja foi construída noutro local, conservando-se a Igreja de São Pedro. Já no caso das Ribeiras, o templo original foi destruído e erguida uma nova igreja.

As duas outras igrejas, localizadas em São Miguel e contemporâneas deste período conciliar, são a de Nossa Senhora da Alegria, nas Furnas e São José da Ribeira Chã, na Lagoa.

 

Texto/ Igreja Açores/ Vitec

Imagens de notícias

Tags:

Partilhar

Powered by WebTV Solutions