IdeiaJovem Invest promove a empregabilidade e o desenvolvimento local | AzoresTV by VITEC - canal regional com produções dos Açores, vídeos HD e diretos dos melhores eventos da região.

O programa IdeiaJovem Invest, implementado pela Vice-Presidência do Governo, prevê a atribuição de bolsas e abrange jovens até aos 29 anos, que não se encontrem a trabalhar, a estudar, a estagiar ou em formação, com a escolaridade mínima do 9.º ano.

empreendedorismo, ideia, jovem, invest, açores

IdeiaJovem Invest promove a empregabilidade e o desenvolvimento local

Publicado por: Vitec
2017/02/06 21:09:01

 

A diretora regional do Emprego e Qualificação Profissional destacou hoje, em Angra do Heroísmo, o caráter “inovador” a nível nacional do programa IdeiaJovem Invest, criado pelo Governo dos Açores para, em parceria com os municípios, fomentar a empregabilidade e o empreendedorismo jovem, contribuindo simultaneamente para o desenvolvimento local.

 

Paula Andrade, que falava numa sessão de esclarecimento promovida pela Câmara Municipal de Angra do Heroísmo com jovens já selecionados, frisou que este programa, que integra o plano estratégico e transversal de políticas públicas para a criação de emprego, foi pensado, essencialmente, para os que revelam vocação “para liderar projetos de negócio”.

 

“Temos que investir no futuro”, frisou a diretora regional, salientando que os jovens, enquanto “capital humano”, se constituem como “a maior riqueza de uma região”, pelo que os desafiou a concretizarem as suas ideias de negócio.

 

Para o efeito, assegurou Paula Andrade, podem contar com condições físicas como as “proporcionadas pela Câmara Municipal de Angra do Heroísmo” que aderiu ao programa, com um acompanhamento de proximidade e também com apoios ou incentivos financeiros por parte do Governo Regional para a execução dos projetos que se desenvolvam.

 

O programa IdeiaJovem Invest, implementado pela Vice-Presidência do Governo, prevê a atribuição de bolsas e abrange jovens até aos 29 anos, que não se encontrem a trabalhar, a estudar, a estagiar ou em formação, com a escolaridade mínima do 9.º ano.

 

Os grupos de jovens selecionados, constituídos por um mínimo de cinco e um máximo de 10 elementos, reúnem e trabalham em conjunto durante seis meses nos espaços disponibilizados pelas câmaras municipais aderentes, investigando as melhores e mais inovadoras ideias de negócio para os seus concelhos.

 

Pretende-se com mais este projeto motivar e capacitar os jovens no sentido de implementarem as suas ideias de negócio, proporcionando um ambiente de sinergias promotoras do desenvolvimento local de forma sustentável e assente numa política de investimento no capital humano.

 

Texto/ Gacs 

 

Imagens de notícias

Tags:

Partilhar

Powered by WebTV Solutions