Simulacro de um acidente com uma aeronave na BA4 | AzoresTV by VITEC - canal regional com produções dos Açores, vídeos HD e diretos dos melhores eventos da região.

A Base Aérea Nº4 (BA4) realizou no passado dia 8 de Maio de 2017 um simulacro de um acidente com uma aeronave, dentro do perímetro da Unidade, no âmbito do Plano para Emergência com Aeronaves (PPEA) para 2017.

base, aerea, 4, simulacro, acidente, aeronave

Simulacro de um acidente com uma aeronave na BA4

Publicado por: Vitec
2017/05/13 21:40:17

A Base Aérea Nº4 (BA4) realizou no passado dia 8 de Maio de 2017 um simulacro de um acidente com uma aeronave, dentro do perímetro da Unidade, no âmbito do Plano para Emergência com Aeronaves (PPEA) para 2017.

 

Este exercício teve como principal objectivo aferir as capacidades dos meios envolvidos na resposta a uma emergência e os procedimentos que devem ser seguidos, assegurando-se o cumprimento das formalidades legais, sendo o seu propósito último mitigar consequências em casos reais e garantir a salvaguarda de vidas humanas e dos bens adstritos à Unidade, pode ler-se em comunicado enviado às redacções pelo Gabinete de Relações Públicas da Zona Aérea dos Açores (ZAA). 

 

O exercício teve início com a simulação de uma emergência de uma aeronave em voo, que implicou a ativação do PPEA, envolvendo meios da Força Aérea, do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), e do Departamento de Bombeiros do 65th Air Base Group (ABG).

O C295, do Destacamento Aéreo dos Açores da Esquadra 502 “Elefantes”, foi a aeronave utilizada no exercício, tendo sido simulado um incêndio na cabine durante a fase de voo, seguido de aterragem de emergência. Ainda durante esta fase, o Centro de Busca e Salvamento das Lajes (RCC Lajes) executou todos os procedimentos necessários à busca e salvamento, para o caso da aeronave amarar, tendo em simultâneo os Serviços de Tráfego Aéreo da BA4 ativado o Sistema Primário de Alarme, garantindo que os meios de socorro imediatos estariam prontos a atuar.

Após a aterragem, os Bombeiros do 65th ABG evacuaram todas as “vítimas” que se encontravam no interior da aeronave. Estas foram posteriormente observadas pela equipa do Centro de Saúde da BA4, constituída por um médico, um enfermeiro e dois socorristas.

A BA4 contou com uma ambulância e uma viatura de transporte próprias, e para reforço destes meios, o SRPCBA disponibilizou para o exercício uma viatura de comando, uma ambulância dos Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória e uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Angra do Heroísmo.

 

Foto/ BA4-ZAA

Imagens de notícias

Categorias:
Tags:

Partilhar

Powered by WebTV Solutions