BE/Terceira denuncia falta do cumprimento da lei no canil intermunicipal de Angra do Heroísmo | AzoresTV by VITEC - canal regional com produções dos Açores, vídeos HD e diretos dos melhores eventos da região.

O BE/Terceira teve conhecimento da falta de cumprimento da lei que define os critérios para atribuição da designação de Centro de Recolha Oficial de animais errantes, no canil de Angra do Heroísmo. São p...

canil, intermunicipal, angra, heroismo, lei, caes, gatos

BE/Terceira denuncia falta do cumprimento da lei no canil intermunicipal de Angra do Heroísmo

Publicado por: Vitec
2018/09/04 15:51:22
Foto/ BE
Foto/ BE

O BE/Terceira teve conhecimento da falta de cumprimento da lei que define os critérios para atribuição da designação de Centro de Recolha Oficial de animais errantes, no canil de Angra do Heroísmo.

São públicas as imagens e os testemunhos que revelam a falta de cuidados veterinários a animais gravemente feridos numa luta de cães, resultante da não separação e do excesso de animais nas mesmas boxes.

A testemunha revela que embora tenha estado no canil durante horário de funcionamento, não se encontrava lá nenhum funcionário, pelo que contactou a Câmara Municipal para comunicar a situação da luta de cães, que se encontrava a presenciar, tendo tido como resposta que seriam dadas indicações para que alguém fosse retirar o cão ferido.

No entanto, e embora esse animal tenha sido retirado, não terá recebido nenhum tipo de cuidados veterinários. Foi colocado numa sala onde se encontram outros animais doentes e, aparentemente, necessitados de cuidados. A testemunha revela mesmo ter presenciado um cenário que a deixou “horrorizada”.

Para além disto, é também denunciado o facto de o gatil ter sido praticamente substituído por canil, facto que leva a que os felinos se encontrem em boxes minúsculas, as quais dificilmente correspondem às dimensões definidas por lei e que lhes deveriam permitir ter recipientes para alimentação, água, caixa de areia e espaço para se movimentarem e se deitarem. Mais uma vez, é também denunciada a falta de cuidados a estes gatos que, segundo testemunhas, “definham em cima das fezes. É um degredo.”

Estas denúncias revelam que a leitura feita pelos/as munícipes relativamente ao funcionamento deste canil, não corresponde à que tem sido feita pela vereadora com responsabilidade nesta matéria.

Face a isto, o BE/Terceira questiona publicamente o executivo camarário e os partidos com representação na Assembleia Municipal, acerca do que será feito para que situações destas não se repitam e para que a lei relativa aos CRO seja cumprida na íntegra.

 

Texto e Foto/ BE

Imagens de notícias

Categorias:
Tags:

Partilhar

Powered by WebTV Solutions