Anuncia Andreia Cardoso: Plano Regional de Apoio a Cuidadores Informais será implementado em 2015 | VITEC - canal regional com produções dos Açores, vídeos HD e diretos dos melhores eventos da região.

A Secretária Regional falava à margem da cerimónia do lançamento da primeira pedra do Lar e Centro de Dia da Santa Casa de São Sebastião, um investimento do Governo Regional na ordem dos 1,7 milhões de euros.

apoio, cuidadores, informais, açores, governo, regional, 2015

Anuncia Andreia Cardoso: Plano Regional de Apoio a Cuidadores Informais será implementado em 2015

Publicado por: Vitec
2014/10/26 22:14:26

A Secretária Regional da Solidariedade Social anunciou hoje, em Angra do Heroísmo, que o Governo dos Açores vai implementar no início do próximo ano um Plano Regional para Apoio aos Cuidadores Informais de Pessoas Idosas e Pessoas Dependentes.

“Um plano que visa promover a complementaridade entre os sistemas informal e formal e que se apresenta como um instrumento orientador no que concerne à implementação de um suporte organizado aos cuidadores informais”, afirmou Andreia Cardoso.

Andreia Cardoso salientou que o executivo vai procurar assegurar, através de medidas a implementar já no início do próximo ano, o acesso e a disponibilização de informação e formação, apoio psicossocial, suporte psicológico e medidas que promovam o descanso do cuidador.

A Secretária Regional falava à margem da cerimónia do lançamento da primeira pedra do Lar e Centro de Dia da Santa Casa de São Sebastião, um investimento do Governo Regional na ordem dos 1,7 milhões de euros que permitirá a criação de um lar com condições para acolher 14 idosos, alargando, desta forma, a capacidade de resposta do Centro de Dia para 22 utilizadores.

Este investimento permitirá ainda melhorar as condições de funcionamento do Serviço de Apoio Domiciliário, que atualmente apoia 65 pessoas.

“A construção deste equipamento, à semelhança de outros localizados nas nossas comunidades, reflete, de forma inequívoca, a opção do Governo dos Açores na criação e consolidação de uma rede de serviços de apoio social descentralizada e de proximidade, contribuindo para o sentimento de pertença dos idosos à sua comunidade e da manutenção da essencial ligação às suas famílias”, frisou.

 

Foto/ GAcs

Imagens de notícias

Tags:

Partilhar

Powered by WebTV Solutions