Redução da taxa de desemprego nos Açores foi mais acentuada que a média nacional | VITEC - canal regional com produções dos Açores, vídeos HD e diretos dos melhores eventos da região.

O Vice-Presidente do Governo Regional destacou que, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística, o número de pessoas em situação de emprego é o melhor registado nos últimos 34 anos nos Açores.   “Em 34 anos, desde que há séries estatísticas do e...

emprego, açores

Redução da taxa de desemprego nos Açores foi mais acentuada que a média nacional

Publicado por: VITEC2
2019/11/06 14:03:35
Foto/ Portal do Emprego dos Açores
Foto/ Portal do Emprego dos Açores

O Vice-Presidente do Governo Regional destacou que, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística, o número de pessoas em situação de emprego é o melhor registado nos últimos 34 anos nos Açores.

 

“Em 34 anos, desde que há séries estatísticas do emprego, nunca houve tantos Açorianos empregados como atualmente e nunca houve, nesse mesmo período, tantas pessoas a entrar no mercado de trabalho”, salientou Sérgio Ávila, acrescentando que o “número de desempregados é também o mais baixo desde a atual serie estatística, desde 2011”. “Os dados hoje revelados demonstram que o nível de emprego nos Açores atingiu 116.373 Açorianos empregados". O Vice- Presidente adiantou, ainda, que os Açores têm mais 5.700 empregados do que no início deste ano, mais 8.442 empregados do que no início desta legislatura, há três anos, e que, só nos últimos 12 meses, foi possível criar mais 3.400 novos postos de trabalho.

 

“A redução no último ano da taxa de desemprego nos Açores foi superior à que se verificou no conjunto do país, quer face há um ano atrás, quer em relação ao trimestre anterior, o que quer dizer que a redução da taxa de desemprego nos Açores foi mais acentuada que a média nacional”, afirmou.

 

Sérgio Ávila referiu que registou-se também uma melhoria da qualidade do emprego. “De acordo com os dados hoje revelados, 77% dos empregados por conta de outrem já são contratos sem termo, ou seja, já estão nos quadros, o que representa um aumento de 6,4% face ao valor de há um ano atrás”.

 

Para o Governo Regional, "estes dados revelam que estamos a conseguir cumprir os nossos objetivos, criar mais emprego, mais estável, reduzir o emprego jovem e criar um crescimento do emprego transversal a todos os setores de atividade".

 

Fonte/ GaCS

 

.

Imagens de notícias

Categorias:
Tags:

Partilhar

Powered by WebTV Solutions