Governo dos Açores pretende abrir este ano concursos para bolseiros de investigação científica | VITEC - canal regional com produções dos Açores, vídeos HD e diretos dos melhores eventos da região.

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou, em Ponta Delgada, que “é determinação do Governo Regional abrir concursos este ano para atribuição de bolsas de investigaç&at...

concursos, bolseiros, investigação, científica, açores, governo

Governo dos Açores pretende abrir este ano concursos para bolseiros de investigação científica

Publicado por: Vitec
2015/01/09 21:15:01

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou, em Ponta Delgada, que “é determinação do Governo Regional abrir concursos este ano para atribuição de bolsas de investigação científica”.

Fausto Brito e Abreu falava quinta-feira durante uma visita ao Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO- Açores), onde reconheceu o trabalho desenvolvido por este centro de investigação para o conhecimento da biodiversidade dos Açores, para a educação ambiental e a divulgação científica.

O CIBIO- Açores, que integra o Research Network in Biodiversity and Evolutionary Biology (InBio), obteve recentemente a classificação 'Muito Bom' na avaliação dos centros de investigação nacionais por parte da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

Fausto Brito e Abreu, em resposta a perguntas dos investigadores sobre o financiamento de novas bolsas de investigação científica, afirmou que “houve um período em que foram atribuídas muitas bolsas que chegam agora ao seu final e o Governo, nesta fase de transição de quadro comunitário, está a preparar um novo programa para abrir concursos para a entrada de novos investigadores no sistema”.

O Secretário Regional indicou que uma das preocupações apresentadas pelos membros do CIBIO prende-se com “o fim de ciclo de alguns bolseiros de pós-doutoramento em particular, mas também de doutoramento, que são muito importantes para manter algumas linhas de investigação que decorrem neste centro”.

 

“É determinação do Governo Regional abrir concursos este ano para atribuição de bolsas de investigação científica”, afirmou Fausto Brito e Abreu, acrescentando esperar que “os investigadores que permaneçam nestes centros e os novos investigadores consigam dar continuidade às linhas de investigação em curso”.

 

Brito e Abreu referiu ainda que “o calendário para atribuição de bolsas está dependente da publicação do regulamento de fundos comunitários, que são essenciais para multiplicar o orçamento que temos na Região para a Ciência”.

Uma das propostas apresentadas por alguns investigadores do CIBIO ao Secretário Regional da Ciência foi a criação de mais contratos de trabalho na área da investigação.

Brito e Abreu admitiu que “os contratos de trabalho são mais vantajosos para os investigadores, porque lhes dão mais regalias sociais e mais estabilidade”, mas lembrou que “havendo recursos escassos, esta proposta tem de ser ponderada com o modelo atual baseado em bolsas”. 

“Para termos mais contratos de trabalho, que saem mais caros, teremos de ter menos investigadores. Temos de avaliar vantagens e desvantagens dessa proposta e encontrar um equilíbrio que sirva a Região da melhor forma”, frisou o Secretário Regional.

 

Foto/ Gacs

Imagens de notícias

Tags:

Partilhar

Powered by WebTV Solutions