História | VITEC AzoresTV.com - canal regional com produções dos Açores, vídeos HD e diretos dos melhores eventos da região.

história

História

 
Vídeo, informação e tecnologias com o canal AzoresTV a partir da ilha Terceira, Açores. Tudo começou com o sonho de um empreendedor apaixonado por informática e televisão, suas áreas de formação.
 
Jovem Repórter em 1990, na ilha Terceira e novamente em São Miguel em 1991 foram os primeiros prémios que motivaram Paulo Feliciano a continuar. Ainda a estudar no liceu, inicia a sua actividade como independente a 3 de dezembro de 1992 com tecnologia VHS. A sua primeira câmara de filmar foi uma Panasonic M7 que adquiriu com apoio dos seus avós paternos. A avó materna cedeu o espaço para a instalação do primeiro estúdio junto à memória, ainda hoje a sede oficial da empresa.
 
Fez a primeira transmissão em direto ainda com tecnologia de telefone em 2003 ligando a residência do ministro da república a escolas em São Jorge e na Graciosa. De independente passou e empresa limitada em 2004 a trabalhar com tecnologia digital DVCAM e comercializando as produções em DVD. A equipa de freelancers, torna possível iniciar a produção de programas emitidos na televisão pública. A primeira página de vídeo online abre em de 2007 com o Carnaval que passou a ser transmitido em direto a partir de 2008.
 
Em fevereiro de 2009 a empresa abre o seu órgão de comunicação social online construindo um novo estúdio de produção na ilha Terceira. Neste projeto contou com apoios de toda a família e do fundo europeu.
 
Em fevereiro de 2012 abre o canal na MEO nomeado para melhor MEO Kanal de Portugal nos prémios Sapo em Lisboa. Em 2013 são feitas contratações para o quadro da empresa e adquiridos equipamentos Full-HD de 10Bit. Em 2014 começam as transmissões em direto no MEO Kanal e em 2015 foi iniciada a produção diária de programas de televisão com o “Terceira Dimensão” que mais tarde mereceu o apoio da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.
 
Em fevereiro de 2016 abre o canal da NOS com emissão 24 horas em analógico o que obrigou a um aumento de produção de programas e transmissões em direto e o Município da Praia da Vitória junta-se ao projecto apoiando o programa “Abraçando o Futuro”. Em 2018 começaram investimentos em tecnologias 4K e o quadro de pessoal aumenta.
 
Em 2019 abrem emissões nacionais para o MEO eventos e em 2020 abre o canal digital na NOS em emissão experimental. Muito mais há para contar numa empresa que agora produz mais de 500 programas por ano com uma equipa de meia dúzia de profissionais que valem por muitos.
 
A história prova que seja qual for a mudança tecnológica, esta empresa continuará com visão e inovação a servir uma vasta comunidade de Açorianos que valoriza esta diferente forma de olhar os Açores.
Powered by WebTV Solutions